O NVDA é um sintetizador de fala do ambiente Windows que dá praticidade ao uso do computador para deficientes visuais.Nada mais é do que um software que interage com o usuário indicando por voz onde se localiza a seta do mouse.As necessidades para que ele seja utilizado são ausência total ou parcial de visão.

   Além de ser ‘’free’’, possui um suporte para mais de 20 línguas e seu uso nem requer sequer instalação.Ele ainda oferece: habilidade para rodar a partir de um cabo USB ou qualquer media portátil sem a necessidade de instalação;Navegar na Internet com o Mozilla Firefox;Instalador falado, fácil de usar;Funciona com email usando-se Mozilla Thunderbird;Suporte para Microsoft Internet Explorer, básico para Microsoft Outlook Express / Windows mail Suporte;Suporte básico para Microsoft Word e Excel;Suporte para aplicativos Java acessíveis;Suporte para Adobe Reader, para IBM Lotus Symphony, para o Prompt de comandos do Windows;Anúncio automático do texto onde o mouse estiver e indicação audível opcional da posição do mouse.

   O NVDA foi iniciado em meados de 2006, pelo jovem australiano Michael Curran. Ele cursava o segundo ano de bacharelado em Ciência da Computação, mas muito tempo antes ele já percebera as distorções e mazelas que cerceiam o acesso das pessoas cegas, mais especificamente no campo tecnológico e sendo ele cego, foi obrigado a comprar um leitor de tela comercial para uso pessoal, profissional e estudantil.

   O NVDA é um software fantástico, parecido com o DOSVOX, porém, com um outro funcionamento. Este sistema é um leitor de tela livre e ‘open source’ (ou seja, público) para o sistema operacional Microsoft Windows, ele te fornece todas as pastas em seu computador, além do mais fornece todas as informações que você seleciona, como a digitação, musicas, fotos, documentes etc. O NVDA seria muito usado pelos deficientes visuais, principalmente em estabelecimentos de serviços.